BEM-ESTAR

No Carnaval, dê mais atenção a seus pés!

Veja dicas para evitar feridas nos pés neste feriado

Enfermeira recomenda alguns cuidados para não se ter problemas na folia ou em uma caminhada mais longa
cuidados com os pés
Crédito: Freepik

Vai aproveitar o feriado de Carnaval para cair na folia ou fazer aquela caminhada ao ar livre esperada há meses? Pois dê um pouco de atenção a seus pés, seja qual for o seu plano – acompanhar os blocos carnavalescos, andar na praia ou seguir trilhas em meio à natureza. E escolha um calçado adequado. Continuar lendo “No Carnaval, dê mais atenção a seus pés!”

BEM-ESTAR

“Meu Pré-Natal” tira as dúvidas durante a gravidez

Aplicativo da UFMG traz informação segura para gestante

“Meu Pré-Natal” leva o saber acadêmico até grávida para que ela esclareça dúvidas e possa tomar decisões sobre sua gestação
meu pré-natal
Crédito: Captura de tela

Quando se confirma uma gravidez, é essencial fazer o pré-natal para monitorar a saúde da gestante e do bebê. A tendência é que as consultas médicas, seguidas de exames, tornem-se mais frequentes ao longo da gestação. A responsabilidade é grande, e, nesse período, surgem inúmeras perguntas. O aplicativo “Meu Pré-Natal”, desenvolvido na Faculdade de Medicina da UFMG – Universidade Federal de Minas Gerais, foi criado para esclarecer esses questionamentos de forma mais acessível, mas com informações confiáveis. Continuar lendo ““Meu Pré-Natal” tira as dúvidas durante a gravidez”

VACINA

Quais vacinas o bebê de 0 a 2 anos precisa tomar?

Tire dúvidas sobre vacinação de crianças de até 2 anos

Pediatra e presidente da SBIm explica as diferenças entre os calendários das redes pública e privada
vacinas para bebês de 0 a 2 anos
Crédito: Marcelo Camargo/Agência Brasil

Um bebê no Brasil precisa tomar em torno de 12 a 14 vacinas até o segundo ano de vida. Já ao nascer, deve receber a dose única da BCG (tuberculose) e a primeira dose da Hepatite B. Considerando que algumas vacinas precisam de reforço, a criança toma mais de 20 picadas de injeção nos dois primeiros anos.

A maioria das vacinas para essa faixa etária faz parte do PNI – Programa Nacional de Imunização e é gratuita. São aquelas dadas nos postos de saúde e que constam na Caderneta de Vacinação da Criança.

Há ainda as vacinas ofertadas nas campanhas do Ministério da Saúde, como a Influenza, que inclui a faixa etária de 6 meses a 2 anos. Outras, indicadas pelas Sociedades Brasileiras de Imunização (SBIm) e de Pediatria (SBP), são encontradas apenas na rede particular. Nesse post, a pediatra Isabella Ballalai, presidente da SBIm, esclarece algumas dúvidas sobre os imunobiológicos disponíveis no país. Continuar lendo “Quais vacinas o bebê de 0 a 2 anos precisa tomar?”